Os Jornalistas e o Direito Penal e Processual Penal

O jornalismo, por certo, é uma das profissões mais incríveis que existem. Nos comunicamos com os jornalistas diariamente, através de suas notícias, seja em texto, vídeo, ou, enfim, por qualquer meio de comunicação.

É uma profissão digna e nobre.

No entanto, quando o assunto é Direito Penal e Processo Penal, esses profissionais pecam, muito e feio. Jornalista que se preze, na minha humilde opinião, deveria estudar Direito Penal e Processo Penal, ao menos o básico.

Ainda que talvez não se tenha a oportunidade de estudar na faculdade essas matérias, se a pessoa se propôs a noticiar os fatos do dia-a-dia, imprescindível é o aprendizado destes dois ramos do Direito.

Vou dar alguns exemplos:

Para começar, já ouvi várias vezes em noticiários, jornalistas dizendo: “o magistrado foi preso e blá blá blá”, quando na verdade, a notícia não era sobre qualquer presentante da magistratura ou do Poder Judiciário, mas sim do Ministério Público (no caso, era um Procurador de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul), onde não existem magistrados.

Outro ponto, é sempre dizer, com veemencia, que “fulano responderá o processo em liberdade”. Vamos supor que isso quase sempre ocorra quando acontece um crime de trânsito ou qualquer outro crime afiançável. Mas sabe, quando os jornalistas falam tal coisa, quer-se impor na população o seguinte: “olha só, Fulaninho cometeu um crime desses e responderá em liberdade. Fala sério, essa Justiça Criminal é uma palhaçada”. O detalhe é que, quase sempre, dizem com o cantinho da boca lamentando, como se fosse esse smile aqui:   =T

Ocorre que, para certos crimes, por mais gritante e bárbaro que pareça ser, o indivíduo terá sim direito a ser solto para responder o processo em liberdade. E não é necessário fazer uma lamentação com o cantinho da boca, pois, no Estado Democrático de Direito, é o preço que se paga para termos toda esta liberdade. Portanto, se o indivíduo tem aquele direito, TODOS TEREMOS aquele direito (ao menos em tese, se seu advogado for competente) se um dia formos acusados de algum crime. Claro que também não posso generalizar. Isso geralmente acontece com a maioria dos jornalistas, pois não estudam o Direito Penal e Processual Penal. Se estudassem, dariam a notícia de forma mais clara, sem catinhos de boca lamentando algo, e, ademais, explicariam do por que a pessoa ter tal direito, com base no Código de Processo Penal ou alguma Legislação Penal Especial.

Bem, para encerrar, sinceramente não vou lembrar de todas aqui e agora, mas há várias outras situações que envolvem os jornalistas de reportagens policiais e processuais penais que são verdadeiras gafes para quem faz Direito ou trabalha na área, ou mesmo para quem conhece e estudar o Direito para ter conhecimento.

Talvez, se você for um jornalista medíocre, pensarás: “ah, esse povo do Direito é um saco mesmo”. Bem, você vai continuar não estudando Direito Penal e Processo Penal e dará uma notícia medíocre. Sim, medíocre.

Se você for um JORNALISTA (percebam as letras maiúsculas), você vai pensar: “realmente, tenho que estudar essas matérias, afinal, o jornalismo é tão nobre. Tenho de manter a nobreza e a técnica das ciências noticiadas e não ser apenas mais um que não sabe do que está falando: vou estudar”.

Portanto, se você é jornalista e leu este texto, por favor, opte pela segunda opção e não faça mais ninguém “do Direito” zombar, tirar sarro ou desprezar o seu trabalho por falta de estudo. Esse pessoal do Direito é realmente chato, mas é que eles gostam das coisas bem certinhas, sabe? Noticiar algo com propriedade é algo que encanta a todos, indistintamente, independentemente da área de atuação profissional da pessoa. Você vai querer ser mais um que não sabe noticiar ou vai ser o jornalista que encanta? A escolha é sua.

Um abraço.

Do amigo,

Hugo.

Anúncios

Olá, não estou mais respondendo comentários por aqui. Acesse: www.hugo.adv.br www.edgardmedeiros.com.br www.instagram.com/edgardmedeirosadvogados/ www.facebook.com/EdgardeMedeirosAdvogados/ www.youtube.com/channel/UC6U25Xj3nYYz-MuWV7TMq4w

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s